Mais uma vitórica heróica dos Spurs.

video

Em jogo eletrizante, Tottenham vira no fim e deixa Liverpool longe do sonho

Spurs perdem até pênalti, mas conseguem vitória nos acréscimos que os aproxima da zona da Liga dos Campeões. Reds voltam a estagnar na tabela

Por GLOBOESPORTE.COM Londres

Tottenham e Liverpool fizeram um jogo neste domingo no padrão do Campeonato Inglês: corrido, disputado e com muitas chances de gol. Melhor para os Spurs, que mesmo após desperdiçar um pênalti, conseguiram a virada nos acréscimos, com Lennon: 2 a 1, no White Hart Lane, em Londres, válido pela 15ª rodada do Campeonato Inglês. O zagueiro Martin Skrtel, dos Reds, completou o placar a favor e contra.

Lucas na partida do Liverpool contra o Tottenham O resultado devolve ao Tottenham a esperança de uma vaga na Liga dos Campeões na próxima temporada. Com 25 pontos, a equipe do goleiro brasileiro Gomes está a um do Manchester City, quarto colocado. O Liverpool, por sua vez, volta a estagnar e não consegue engrenar na competição: é o 10º, com 19 pontos. O volante Lucas esteve em campo durante os 90 minutos.
A partida foi empolgante desde os minutos iniciais, quando Van der Vaart sentiu lesão e teve de ser substituído. Melhor no primeiro tempo, o Liverpool perdeu grandes chances em chutes de Maxi Rodríguez, duas vezes, e Fernando Torres. Ao menos abriu o placar com Skrtel, aos 42, pegando sobra na grande área.
A etapa final começou com o atacante espanhol desperdiçando ótima oportunidade com apenas um minuto após passe de Lucas. Aos 15, poderia ter vindo a punição. Ngog colocou a mão na grande área para proteger o rosto e o juiz marcou pênalti. Defoe cobrou para fora, à direita de Reina.
O Tottenham empatou mesmo aos 20. Modric roubou a bola, avançou sobre a marcação de Lucas e Carragher e tocou na saída de Cech. Skrtel tentou cortar e acabou colocando para dentro. A virada também poderia ter vindo aos 44, mas Defoe teve gol corretamente anulado. Aos 47, no entanto, não teve jeito. Contra-ataque mortal puxado por Aaron Lennon, que passou com facilidade pela marcação de Konchesky e fez.

Confira a 15ª rodada completa:

Sábado


Aston Villa 2 x 4 Arsenal
Bolton 2 x 2 Blackpool
Everton 1 x 4 West Bromwich
Fulham 1 x 1 Birmingham
Manchester United 7 x 1 Blackburn
Stoke 1 x 1 Manchester City
West Ham 3 x 1 Wigan
Wolverhampton 3 x 2 Sunderland

Domingo

Newcastle 1 x 1 Chelsea
Tottenham 2 x 1 Liverpool

Tottenham goleia e vai às oitavas da Champions


Confira os gols que garantiram a classificação dos Spurs:

  video
 
O Tottenham está nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, o time inglês bateu o Werder Bremen por 3 a 0, jogando no White Heart Lane, e chegou a 10 pontos na liderança do Grupo A.
Com o resultado, os ingleses mantêm a liderança da chave A da Champions com dez pontos. E, mesmo empatados com a atual campeã Inter de Milão, levam vantagem no confronto direto contra os italianos e podem garantir a primeira colocação do grupo. A derrota eliminou o Werder Bremen da competição, além de deixar os alemães também sem chances de lutar pela terceira posição e ir à Europa League.

Na próxima rodada, o Tottenham enfrenta o Twente fora de casa procurando garantir a primeira colocação do grupo. O Werder Bremen recebe a Inter de Milão sem qualquer chance emc ompetições europeias.
Clique no player acima para ver os gols da vitória do Tottenham

O jogo
Aproveitando a boa fase depois da incrível vitória no clássico contra o Arsenal, o Tottenham começou a partida impondo o seu ritmo contra os alemães e abriu o placar logo aos seis minutos de jogo. Depois de um cruzamento, Lennon ajeitou para o zagueiro Kaboul marcar de voleio.

Nos acréscimos da etapa inicial, os Spurs ampliaram em uma de suas jogadas tradicionais. Depois de cruzamento na área, o "gigante" Peter Crouch ajeitou de cabeça para Modric fuzilar o gol adversário.

Na segunda etapa, o Tottenham manteve a pressão para cima do Werder. Aos nove minutos, Modric sofreu pênalti claro. Na cobrança, o galês Gareth Bale não conseguiu converter pois o goleiro Tim Wiese defendeu o chute mal colocado do meia.

Com 2 a 0 no placar, o técnico Harry Redknapp colocou o atacante Defoe, que voltava de lesão, no jogo.

Aos 34 minutos da etapa final, ainda deu tempo do Tottenham fazer o terceiro gol. Aaron Lennon fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para Crouch completar.

Palavra de Amarilson:

Depois de 48 anos fora da champions League, o Tottenham mostrou mais uma vez sua capacidade, goleiando e garantido a vaga nas oitavas. Somos os primeiros do grupo e para confirmar a primeira colocação é só vencer o Twente, na Holanda, no próximo dia 7. 
Empolgados co0m a vitória no cássico, os garotos de White Hart Lane mostraram o seu verdadeiro futebol. Aaron Lennon, em grande dia, deu uma famosa "tabacada" (como chamamos a "caneta" aqui na Bahia) em Dominik Schmid e rolou para Crouch fazer o terceiro gol. Crouch que chega a 6 gols na competição, sedo fundamental na classificação dos Spurs.


Agora é pesar no Inglês, contra o Liverpool.


Amarilson Gordiano.
 

Em virada espetacular, Tottenham vence o Arsenal no clássico londrino

Spurs perdiam por 2 a 0 e batem o rival, encerrando jejum de 17 anos: 3 a 2 no Emirates Stadium

Por GLOBOESPORTE.COM Londres
  Uma virada incrível no segundo tempo e o fim de um tabu que durava 17 anos. No clássico londrino deste sábado, o Tottenham bateu por 3 a 2 o Arsenal, no Emirates Stadium e pulou para a quinta posição no Campeonato Inglês, com 22 pontos na tabela de classificação. Os Gunners, que podem perder a vice-liderança nesta rodada, chegaram abrir 2 a 0 no placar no primeiro tempo, mas na etapa final, os Spurs viraram o jogo para a explosão de sua torcida no estádio do rival.

Na próxima rodada, o Arsenal enfrenta o Aston Villa, fora de casa. O Tottenham pega o Liverpool.
Comemoração do Tottenham em jogo contra o Arsenal
Arsenal abrem 2 a 0, mas deixam Tottenham virar

O Arsenal começou com tudo e abriu o placar logo aos oito minutos da etapa inicial. Nasri recebeu um excelente lançamento, entrou na área em velocidade e passou pelo goleiro Gomes, mesmo completamente sem ângulo conseguiu tocar com categoria para o fundo do gol. Ainda na primeira etapa, os Gunners ampliaram o marcador. Fábregas desceu no contra-ataque e abriu na esquerda para Arshavin, que cruzou rasteiro na medida para Chamakh, que com oportunismo desviou a bola no canto direito do goleiro Fabianski.

Virada incrível na etapa final

O segundo tempo foi outro jogo. Aos quatro, o Tottenham diminuiu. Van der Vaart recebeu lançamento, dominou a bola e rolou para Gareth Bale, que bateu rasteiro no canto direito e descontou no placar.
Aos 20, um lance polêmico. na partida. Van der Vaart cobrou a falta e a bola bateu no braço de Fàbregas dentro da área. Pênalti para os Spurs. Van der Vaart cobrou a penalidade com categoria, deslocou o goleiro e empatou o clássico londrino.
No fim do jogo, o Tottenham se lançou ao ataque e conseguiu a virada espetacular. Van der Vaart levantou a bola para a área, Kaboul desviou de cabeça e mandou no canto, aos 40 minutos da etapa final, decretando a virada espetacular por 3 a 2 e calando a torcida do Arsenal.

Palavra de Amarilson:
Foram 17 anos sem vencer o arsenal em seus domínios, mas agora o torcedor do tottenham pode comemorar. Em grande fase, Van der Vaart fez um gol e deu duas assistências, provando mais uma vez sua capacidade.  
O Arsenal abriu 2 a 0 logo nos primeiros minutos, mas quem pensou que o jogo estava ganho se equivocou: assim como foi contra a Inter no Giusepe Meazza, os Spurs marcaram 3 gols na raça e na persistência. 
essa vitória em pleno Emirates Stadium, prova mais uma vez a capacidade do Tottenham, e a grande fase em que vive o time.
Agora na quinta posição, tenho certeza que o Tottenham vai seguir firme na luta pela vaga entre os quatro primeiros.
Agora é pensar no jogo de quarta contra o Werder Bremem, pela Champions.

Amarilson Gordiano

Ah, ia esquecendo de uma coisa:
"Chupa Arsenal!"

Na véspera do clássico, Sagna elogia Bale.

Depois do que aconteceu com Maicon, todos os laterais direitos que enfrentam o Tottenham, tem uma preocupação a mais: como parar Gareth Bale.
Poucos dias antes do jogo , o lateral do Arsenal, Bakary Sagna fez elogios a Bale. Disse que Bale "está muito bem no momento", que é "um dos alas mais perigosos do mundo" e que "ele vai aprender muito".
Sagna sabe da capacidade dele. É uma missão praticamente impossível pará-lo. Bale está em grande fase. É veloz, forte, resistente, além de ser um craque. Vamos ver quem irá sair vencedor nesse duelo: Sagna x Bale.
Arsenal x Tottenham, um dos maires clássicos da terra da Rainha, neste Sábado, 20.

Amarilson Gordiano


Inglaterra desfalcada perde, Mas Crouch deixa o seu.

Sem Lampard, Terry, Rooney, Hart, Lennon, Ashley Cole, etc... a Inglaterra perdeu para a França nesta quarta, em Wembley.

Os gols da França foram de Benzema e Valbuena. 

Mas Peter Crouch, que havia acabado de entrar, deixou o seu e manteve a incrível média de 42 jogos e 22 gols (0,52 gols por jogo).  

Blanc chama zagueiro Kaboul para jogo contra Inglaterra


O técnico da França, Laurent Blanc, convocou nesta segunda-feira o zagueiro Younes Kaboul, do Tottenham, para o amistoso contra a Inglaterra, quarta-feira, no Estádio de Wembley, em Londres.
Kaboul será o substituto de Philippe Mexes, com uma lesão na panturrilha. De acordo com o treinador francês, o defensor da Roma estaria com muitas dores no local depois de jogar os 90 minutos do empate com a Juventus, no sábado. "Precisamos ver como ficará a situação de Mexes", afirmou Blanc.

 Com a lesão de Mexes, Kaboul foi convocado para a seleção francesa pela primeira vez. O jogador, que vem se destacando no Tottenham nas últimas semanas, já havia defendido a equipe Sub-21 da França.
E, mesmo estreante no grupo, Kaboul tem boas chances de começar como titular no amistoso de quarta. Acostumado a marcar os atacantes ingleses, o zagueiro deve ganhar a disputa com os defensores Adil Rami, do Lille, e Mmadou Sakho, do Paris Saint-Germain.
Fonte: Yahoo! Esportes.
 
 
 
 
 
Palavra de Amarilson:

Younes Kaboul, 24 anos, um jovem zagueiro com muito talento e segurança. Titular nos últimos jogos dos Spurs com as lesões de Ledley King (virilha) e Michael Dawson (tornozelo), zagueiros titulares. Em grande fase, ganhou a disputa com Sebastien Bassong pela vaga ao lado de Wiliam Gallas.

Gosto muito do futebol de Kaboul, ele é um jogedor versátil, podendo jogar na zaga ou na lateral (ou até no meio), graças à sua habilidade com a bola nos pés. Sua convocação foi merecidíssima e eu já torcia por isso há muito tempo.

Queria saber o que vocês acharam desta convocação. Deixe seu comentário!

Com poucos medalhões, Capello divulga convocação da Inglaterra

Treinador relaciona quatro novatos para o confronto contra os franceses, na próxima quarta, em Wembley: Carroll, Bothroyd, Smalling e Henderson

Por GLOBOESPORTE.COM Londres
Nzonzi Blackburn Henderson Sunderland 
Henderson (à dir.) é uma das novidades da lista
da seleção inglesa (Foto: Reuters)
 
O técnico Fábio Capello divulgou na noite deste sábado os convocados da Inglaterra para o amistoso contra a França, na próxima quarta-feira, em Wembley. Na lista,  o treinador preteriu alguns medalhões em prol da renovação do grupo, principalmente se comparado aquele que disputou a Copa do Mundo. Quatro jogadores foram lembrados pela primeira vez: Carroll, do Newcastle, Bothroyd, Cardiff, Smalling, do Manchester United, e Henderson, do Sunderland.
Por outro lado, atletas que tinham sido convocados após o Mundial foram deixados de lado, entre eles Glen Johnson e Joe Cole, do Liverpool. Os mais experientes do grupo convocado por Capello são os zagueiros Ferdinand e Terry, o apoiador Steven Gerrard e o atacante Peter Crouch.
Wayne Rooney, que ainda se recupera de uma lesão, ficou fora da partida.


Confira a lista de convocados da Inglaterra para o jogo contra os franceses:

Goleiros:Foster (Birmingham)
Hart (Manchester City)
Green (West Ham)

Defensores:

Gibbs (Arsenal)
Cole (Chelsea)
Terry (Chelsea)
Jagielka (Everton)
Lescott (Manchester City)
Richards (Manchester City)
Ferdinand (Manchester United)
Smalling (Man Utd)

Apoiadores:

Walcott (Arsenal)
Wilshere (Arsenal)
Young (Aston Villa)
Gerrard (Liverpool)
Barry (Manchester City)
Johnson (Manchester City)
Milner (Manchester City)
Henderson (Sunderland)

Atacantes:

Agbonlahor (Aston Villa)
Bothroyd (Cardiff)
Carroll (Newcastle)
Crouch (Tottenham).


Palavra de Amarilson:
 
 
 Peter Crouch, 29 anos, único jogador dos Spurs convocado para o amistoso contra a França. Isso gráças às lesões de Jermaine Defoe (tornozelo), Michal Dawson (tornozelo), Tom Huddlestone (tornozelo) ,Aaron Lennon (coxa), ou até de Ladley King (virilha), nomes praticamente certos nas convocações de Capello. 
Crouch tem uma média de gols impressionante pela seleção, são 41 jogos e 21 gols (0,51 gols por jogo). E essa média aumenta se contados os jogos que ele começou jogando. 
De uma coisa eu tenho certeza: os jogadores ingleses dos Spurs têm grandes condições de disputar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, é só afastar o "fantasma das lesões". 

Amarilson Gordiano.