Tottenham recebe West Ham

O Tottenham recebe o West Ham neste sábado ás 9:40h (Horário de Brasília) pela Premeier League, tentando voltar à zona de classificação para a Champions League.

Modric disputa bola com Boa Morte
em jogo no 1º Turno
No primeiro turno, o West Ham venceu em casa por 1 a 0.

No Tottenham, Gallas deverá jogar, após provar sua aptidão no treino de sexta-feira. Gareth Bale se recuperou de um problema nas costas e deve começar jogando pela primeira vez em dois meses.

Lesionados: Huddlestone (tornozelo), Kaboul e Palacios (ambos do joelho), King e Woodgate (virilha)


Já no West Ham, Piquionne é dúvida com uma lesão no , enquanto Demba Ba também poderia ficar de fora. Robbie Keane estará inelegível por causa do contrato de empréstimo.
Lesionados: Collison e Kurucz (ambos do joelho), Stanislas (hérnia)

O Tottenham vem de um empate fora de casa com o Wolves em 3-3. Já o West Ham vem de uma vitória em casa contra o Stoke em 3-0.

Prováveis escalações, segundo o Goal.com:

Tottenham: Gomes; Corluka, Dawson, Gallas, Assou-Ekoto; Lennon, Modric, Sandro, Bale; Van der Vaart; Crouch.

West Ham: Green; Spector, Tomkins, Upson, Bridge; Parker, Noble, Hitzlsperger; Piquionne, Cole, Ba.


Tottenham empata com Milan e garante vaga nas Quartas de Final.

video


O Tottenham Hotspur FC qualificou-se para as quartas-de-final da UEFA Champions League, ao impor um empate sem gols ao sete vezes vencedor da competição, AC Milan, equipe que procurou incessantemente o gol que igualasse a disputa.
Gallas tira gol de Robinho de cima da linha.

O Milan apresentou em White Hart Lane disposto desde cedo a anular a desvantagem de um gol trazida da cidade italiana e a verdade é que os comandados de Massimiliano Allegri, com o antigo jogador do Tottenham, Kevin-Prince Boateng, no lugar do suspenso Gennaro Gattuso, estabeleceram-se no meio-campo dos londrinos, pressionando fortemente a defesa adversária.

Aos 25 minutos, os milaneses dispuseram da melhor ocasião de gol do primeiro tempo, num lance em que Alexandre Pato driblou Gomes e cruzou para a zona frontal da área. Aí, surgiu Robinho a rematar de primeira, mas a bola bateu em Benoit Assou-Ekotto e foi salva sobre a linha de gol por William Gallas.

O Tottenham somente através de lances de bola parada conseguiu importunar Christian Abbiati e, numa cobrança de falta, Rafael van der Vaart rematou ligeiramente por cima da trave, embora o goleiro milanês tivesse o lance controlado. Precisamente no lance seguinte, o Milan foi ainda mais perigoso, com Ibrahimović a desmarcar Pato, que rematou na passada de pé esquerdo, para uma defesa com os pés de Gomes.

No primeiro lance da segunda parte e porventura avisado pelo seu treinador da quantidade de espaços que estava a conceder ao Milan, o Tottenham foi quem primeiro levou o perigo à área contrária, quando Peter Crouch correspondeu com um mau cabeceamento a um cruzamento de Aaron Lennon.

Aos 65 minutos, o Milan voltou a estar perto de marcar, com Robinho a surgir na pequena-área e a rematar para a defesa de Gomes. Entretanto, os torcedores do Tottenham saudaram o regresso aos gramados de Gareth Bale, após longa paragem por lesão, que, na circunstância substituiu Van der Vaart.

Aos 77 minutos, os milaneses voltaram a ficar perto do gol que empataria a eliminatória, com Pato a tabelar com Robinho e a rematar de pronto, na rede pelo lado de fora. Até final, o Tottenham criou linhas, obrigando o Milan a visar o gol somente através de chutes fora da área. Mas sem efeito, para a alegria dos torcedores londrinos.

Com o 0-0, o Tottenham se classificou para as quartas-de-final, pois venceu por 1-0 em Milão.

Confira as estatísticas da partida:



Obs: O volante brasileiro Sandro foi eleito pela UEFA, o melhor jogador da partida. Gomes recebeu o prêmio em San Siro.

Tottenham recebe Milan em jogo decisivo.


Harry Redknapp garantiu que o Tottenham não vai abdicar do seu futebol ofensivo quando receber o Milan, apesar de terem um golo de vantagem na eliminatória, mas a equipe italiana não se dá por vencida e tentará, em Londres, garantir a presença nas quartas-de-final da UEFA Champions League. Saiba o que dizem os treinadores antes desta partida:

Harry Redknapp: "Esta é uma competição fantástica. Quando se entra nela pela primeira vez quer-se sempre repetir a experiência.
Espero um jogo complicado e prevejo que o Milan aposte no contra-ataque. Tem bons avançados, mas vamos tentar evitar que eles tenham a bola. Não nos vamos limitar a defender a vantagem que trouxemos do primeiro jogo. A minha mensagem para os jogadores vai ser: vamos para cima deles, vamos pressiona-los e tentar marcar mais gols, porque esse é o nosso estilo. Se mudarmos de filosofia de jogo tudo ficará mais difícil
É verdade que marcamos muitos gols, mas, às vezes, temos dificuldade em evitar sofrê-los. Vou escolher uma equipe de ataque e é assim que vamos jogar. Vamos atacar o Milan sempre que tivermos oportunidade, mas não nos devemos esquecer que eles também têm avançados fantásticos. Tem tudo para ser um grande jogo, já que o nosso adversário sabe que tem de jogar para ganhar.

Massimiliano Allegri: Sabemos que o Tottenham é muito forte e tem 25 excelentes jogadores, estando a realizar uma grande campanha na Premier League. Todos sabemos que o Bale é um jogador importante para o Tottenham. Tem imensas qualidades, quer físicas quer técnicas, e progrediu imensamente esta época. Mas o Bale não é o único jogador importante do Tottenham. Tem imensos atletas com atributos que são fundamentais no futebol moderno, especialmente no meio-campo e no ataque.
Podemos garantir o apuramento para a próxima eliminatória, porque somos uma equipe forte. Perdemos na primeira mão porque foi um jogo muito estranho. Mas este próximo duelo vai ser completamente diferente. Estamos num grande momento, física e mentalmente.

Notícias das equipas 

Tottenham
Redknapp afirmou que Rafael van der Vaart (gémeos) e Vedran Ćorluka (tornozelo) estão disponíveis, mas está menos confiante com a situação de Bale (costas). Jermaine Jenas está de volta à equipa após ter faltado no primeiro jogo devido a suspensão.


Milan
Allegri tem de fazer face a uma série de lesões, mas garantiu: "A única decisão que tenho de tomar tem a ver com o Kevin-Prince Boateng. Se aposto nele no centro ou na ala." Gennaro Gattuso vai cumprir o primeiro de cinco jogos de suspensão, enquanto Luca Antonini, Boateng, Mathieu Flamini e Gianluca Zambrotta ficarão de fora do próximo jogo do Milan nas competições europeias caso vejam um cartão amarelo.


Prováveis escalações segundo o Goal.com:

Tottenham: Gomes; Hutton, Dawson, Gallas, Assou-Ekotto; Lennon, Palacios, Modric, Bale; Van der Vaart; Crouch.


Milan: Abbiati; Abate, Nesta, Thiago Silva, Jankulovski; Merkel, Flamini, Seedorf; Robinho; Pato, Ibrahimovic


Últimos resultados

Domingo: Wolverhampton Wanderers FC 3-3 Tottenham
(Doyle 20 40pen, Fletcher 87; Defoe 30 35, Pavlyuchenko 48)
Um gol de Steven Fletcher perto do final impediu o Tottenham de conseguir a sétima vitória fora na presente edição da Premier League. Apenas o Arsenal FC (sete) tem um melhor registo fora de casa esta época.


Sábado: Juventus 0-1 Milan
(Gattuso 68)
O Milan ganhou os três jogos que disputou desde o duelo da primeira mão, com Pato a marcar nos momentos finais dos jogos com o AC Chievo Verona (2-1) e com o SSC Napoli (3-0), antes da visita do passado fim-de-semana a Turim.


Sabia que?
 
O Tottenham procura a primeira presença nos quartos-de-final desde a primeira, e única, participação na Taça dos Campeões Europeus de 1961/62. O Milan, por seu lado, já não atinge os quartos-de-final desde 2007, quando ganhou a UEFA Champions League, e vai tentar a terceira eliminação em quatro anos frente a adversários ingleses. No ano passado, os "rossoneri" foram eliminados pelo Manchester United FC, enquanto, em 2008, o carrasco dos italianos foi o Arsenal.




Fonte: Uefa.com e Goal.com

Tottenham cede empate no final e perde chance de ficar em quarto



O Tottenham perdeu boa oportunidade neste domingo de assumir a quarta posição do Campeonato Inglês, lugar que garante vaga na próxima Liga dos Campeões. Os Spurs levaram um gol aos 41 minutos do segundo tempo e empatou em 3 a 3 com o Wolverhampton, fora de casa, pela 29ª rodada.

Os Spurs seguem em quinto com 48 pontos, assim como o Chelsea. Mas o Chelsea tem saldo de gols bem melhor (25 a 7) e ainda entra em campo na segunda-feira contra o Blackpool no encerramento da rodada. Os Wolves estão na penúltima colocação com 29.
Na próxima quarta, o Tottenham tem um dos jogos mais importantes da temporada pela frente: o time do técnico Harry Redknapp recebe o Milan pela partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Na ida, os Spurs venceram por 1 a 0 e agora precisam só empatar em casa para avançar às quartas.
O Tottenham começou perdendo para os Wolves. Aos 20, Doyle aproveitou cruzamento da direita de Nenad Milijas e a falha do goleiro brasileiro, que saiu mal na área, e fez de cabeça.
O time londrino conseguiu a virada com dois belos chutes de Defoe, aos 30 e aos 35. Mas Doyle, de pênalti, empatou novamente aos 40, ainda no primeiro tempo. Após o intervalo, Pavlyuchenko também acertou um bom chute de longe e fez 3 a 2 para o Tottenham. Os donos da casa evitaram a derrota com Fletcher, aos 87.


Detalhes da partida:

Gols do 1º Tempo:




Gols do 2º Tempo:


Tottenham encara Wolves neste domingo pela 29ª rodada

O Tottenham vai ao Molineux neste domingo encarar o Wolverhampton, pela 29ª rodada da Premier League.

A ambição dos clubes nesta temporada são bem diferentes, mas o sentimento de tristeza será o mesmo antes do começo do jogo, quando honrar a memória de Dean Richards. O defensor jogou pelas duas equipes e faleceu na semana passada aos 36 anos após uma longa doeça. Ele jogou 145 partidas pelo Wolves, e 81 pelos Spurs, quando teve que se afastar do futebol por causa de tonturas e dores de cabeça. Sua esposa e seus dois filhos devem comparecer ao jogo e um representante de cada um dos quatro clubes que ele jogou irão erguer a camisa de sua equipe no círculo central e haverá um aplauso de um minuto antes do ponta-pé inicial.
 
O jogo em si é uma oportunidade para os lobos a sair da zona de rebaixamento, e para o Tottenham aumentar suas chances de terminar entre os quatro primeiros. Spurs vai jogar pela primeira vez em 12 dias desde a derrota por 3-1 contra o Blackpool e o Wolves vem de uma goleada por 4-0, em cima do próprio Blackpool.

Este é o 80º encontro entre as dous equipes na liga, sendo que o Tottenhamvenceu 39 e o Wolves 26. O Tottenham ganhou três dos últimos quatro jogos em Wolves. Jermain Defoe deve fazer seu 300º jogo na Premier League, ele marcou 97 gols.
 
No Wolves, O'Hara, emprestado pelo Tottenham, não jogará por causa dos termos do empréstimo. Steven Mouyokolo e Ronald Zubar serão desfalques por lesão, enquanto Dave Edwards e Dave Jones são dúvidas, mas Stephen Hunt está apto novamente.

Em dúvida: Edwards & Jones.
Indisponíveis: Guedioura (perna), Kightly, Mancienne & Mouyokolo (todos joelho), O'Hara (inelegível), Zubar (costas).

No Tottenham, Bale e Vaart não jogarão, mas esperam voltar contra o Milan no meio de semana pela Champions League. King voltou a treinar novamente depois de uma lesão na virilha, mas não deve jogar.

Em dúvida: King (virilha) 
Indisponíveis: Bale (costas), Corluka e Huddlestone (ambos do tornozelo), Kaboul (joelho), Van der Vaart (panturrilha), Woodgate (virilha).

Prováveis escalações segundo o Goal.com:

Wolves (4-4-2): Hennessey; Zubar, Stearman, Berra, Elokobi; Foley, Henry, Edwards, Jarvis; Milijas; Doyle.
Tottenham: (4-4-1-1): Gomes; Gallas, Dawson, Bassong, Assou-Ekotto; Lennon, Jenas, Palacios, Pienaar; Modric; Crouch. 


 

Relembrando: Final da Uefa Cup 1971/72: Tottenham vs Wolverhampton

O capitão Alan Mullery comemora tútulo com os companheiros.


O Tottenham enfrentará o Wolverhampton domingo, dia 6, pela 29ª rodada da Premier League. E e as duas equipes protagonizaram um jogaço em 1972, pela final da primeira edição da Uefa Cup.

O Tottenham havia chegado a final eliminando o Keflavík ÍF na primeira fase, o Nantes na segunda,  o Rapid Bucharest na terceira, o UTA Arad nas quartas de final e o Milan nas semifinais (veja: Relembrando: Tottenham vs Milan UEFA Cup 1971/72.).
Já o Wolves havia eliminado o Académica de Coimbra, o ADO Den Haag, Carl Zeiss Jena, Juventus e Ferencváros.


O primeiro jogo da final foi realizado no dia 3 de Maio de 1972, em Molineux, Wolverhampton.

Confira como as equipes jogaram:

1 Phil Parkes

2 Bernard Shaw

3 Gerry Taylor

4 Danny Hegan

5 Frank Munro

6 John McAlle

7 Jim McCalliog (c)

8 Kenny Hibbitt

9 John Richards

10   Derek Dougan

11   Dave Wagstaff

1 Pat Jennings

2  Joe Kinnear

3  Cyril Knowles

4  Alan Mullery (c)

5  Mike England

6  Phil Beal

7  Alan Gilzean

8 Steve Perryman

9  Martin Chivers

10  Martin Peters

11  Ralph Coates




























O Jogo foi muito disputado. Aos 57 minutos, England lança Chivers, que de cabeça abre o placar. O Wolves empatou 15 minutos depois, em cobrança rápida de falta, onde Hegan dá o passe para o capitão McCalliog fazer o gol. No final do jogo, aos 87 minutos, Chivers acerta um belíssimo chute de fora da área e coloca o Tottenham novamente na frenta, fazendo seu segundo gol no jogo, que termina em 2 a 1 para os Spurs.

O segundo jogo foi realizado no dia 17 de maio, em White Hart Lane.
Veja como as equipes jogaram:   


1Phil Parkes
2Bernard Shaw
3Gerry Taylor
4Danny Hegan
5Frank Munro
6John McAlle
7Jim McCalliog (c)
8Kenny Hibbitt
9John Richards
10  Derek Dougan
11   Dave Wagstaff
1Pat Jennings
2 Joe Kinnear
3 Cyril Knowles
4 Alan Mullery (c)
5 Mike England
6 Phil Beal
7 Alan Gilzean
8Steve Perryman
9 Martin Chivers
10 Martin Peters
11 Ralph Coates


Tanto Bill McGarry, técnico do Wolves, como Bill Nicholson, técnico do Tottenham, manteram as mesmas equipes do primeiro jogo. O jogo também foi muito disputado. O Tottenham abriu o placar aos 29 minutos, após cobrança de falta de Peters, onde o capitão Mullery fez de cabeça. Mas 11 minutos depois veio o empate do Wolves: depois de um bate-rebate a bola sobra para Wagstaf, que de fora da área acerta um belo chute no ângulo do goleiro Jenning. 

Com o empate o Tottenham sagrou-se o campeão da primeira Uefa Cup. E em 1984, ganhou o segundo título da Taça.
Coates, England, Gilzean, Kinnear e Chivers comemoram com o troféu da primeira Uefa Cup

Confira abaixo, o vídeo com os lances e gols dos dois jogos da final: